A Volta

(Juro que não tem mais partes por hora  hehe)

No final de março/2017 eu voltei pro pole, animadíssima! Nesse meio tempo, comprei outra barra de pole, que coloquei em outro cômodo (porque, pasmem, errei a altura do meu quarto de novo! Alguém me explica por que raios eu não medi a altura antes de comprar DUAS VEZES?). E claro, já voltei fazendo um pedido especial pro meu instrutor (vamos dar nomes aos bois, o Senhor maravilhovo Gui Guillen):

– Gui, por favor, eu queria inverter até o meu aniversário! – Lógico que eu estava longe de inverter e meu aniversário também estava longe, certo? ERRADO! meu aniversário era em menos de um mês! rs Mas pro Sr. Gui, missão dada é missão cumprida!

Exatamente quatro dias antes do meu aniversário, realizei meu sonhado desejo de ficar de cabeça pra baixo sozinha <3

 

Lógico que minha primeira inversão estava horrível de suja, mas vocês não sabem o orgulho que a gente sente quando consegue fazer um movimento tão sonhado pela primeira vez!  Esses movimentos são marcos na nossa evolução, tanto no pole quanto na vida pessoal, porque a gente vai percebendo que é capaz de muito mais do que imaginava.

27544975_10156127670924532_1237173725318041362_n

 

Essas alegrias que o pole nos proporciona, e por isso que quem experimenta fica viciada!

É workshop que a gente faz, roupas de pole que a gente compra (inclusive em detrimento de roupas “normais”), sites, vídeos, produtos…

20294553_10155584733859532_1719448058325184144_n

Mas pra além disso, comecei a me ver de maneira diferente, de me aceitar mais, inclusive de me admirar pelo que eu era capaz e não sabia. Sinceramente, eu tenho orgulho do quanto eu evolui e do quanto ainda tenho pela frente.

Em 2018, eu finalmente tomei vergonha na cara e mandei arrumar minha barra MEDINDO a altura do meu quarto! (Ouvi um aleluia?)

E não vou dizer que são tudo flores nessa trajetória, é claro que tenho muitas dificuldades e algumas vezes fico frustrada e desanimada em não conseguir alguns movimentos, principalmente porque sou muito medrosa e morro de medo de fazer algumas figuras. De vez em quando a gente cai na besteira de se comparar com a amiga e se cobrar demais. Mas sinceramente, entrar nesse mundo foi uma das melhores decisões que eu já tomei na minha vida.

27972431_10156162321399532_6895288547670705245_n
Depois da inversão básica o movimento que eu mais queria conseguir fazer era um splitão bonito desse! hehe Por isso a cara de felicidade.

O pole não é só uma atividade física, ele remodela nossa maneira de nos enxergar, de nos aceitar, de nos amar, inclusive a ponto de mudar nossa rotina pra se adequar as aulas, mudar nosso grupo de amigos e de expectativas pra vida.

44313086_10156784628979532_1710062321486790656_n
Quem diria que esse é a mesma pessoa que só fazia aula de camisetão e não conseguia sustentar o próprio peso na primeira aula hehe <3

Depois de todo esse amor declarado, sou suspeita pra falar, mas sinceramente, se você ainda não veio pro pole, não se acanhe, só vem, te prometo que não vai se arrepender!

 

<3

 

 

Deixe uma resposta