Esse assunto parece que não gira em torno do Pole, mas a verdade é que gira em torno da vida especialmente se você for mulher. Eu vou começar com uma história pessoal, fora do Pole para vocês terem dimensão do que estou falando. Eu decidi cortar o cabelo, apenas isso senti vontade de mudar a aparência para marcar uma nova fase da vida. pra mim essa é uma questão muito íntima porque em 2013 decidi que ia deixar o cabelo crescer, em 2015 fiquei doente com depressão e meu cabelo caiu quase todo com a doença e os remédios, e na minha cabecinha deprimida eu achava que se eu cortasse ia ficar mais feia por que a vida inteira eu ouvi que eu era nariguda, muito magra, sem peito, que devia fazer plástica, etc e por mais que eu fizesse o que eu queria tava lá o que os outros pensavam sobre o meu corpo me deixando desconfortável de ser como eu sou. Pois bem, me curei meu cabelo voltou a crescer e ser saudável e ficou compridão, mas me deu vontade de mudar e eu acho que isso é argumento suficiente para passar a tesoura né? pela primeira vez em quase 33 anos eu tô muito feliz com a minha aparência! ponho defeito claro, mas estou em paz e não preciso da validação dos outros para me sentir bem e isso eu acho que é graças ao Pole mas enfim, um monte de gente que eu conheço alguns nem tão próximos se sentiram no direito de dar a sua opinião sobre o meu cabelo e o resultado foi: ” você é nariguda, cabelo curto vai destacar esse seu nariz” ” mulher tem que ter cabelo comprido, é mais sexy” ” você vai ficar feia com cabelo curto” entre outros. Eu não sei quem disse para as pessoas que opinião delas é imprescindível na vida das outras e que elas têm que sair dando opinião não solicitada. ” Ah mas porque esse textão para falar de corte de cabelo Tati” porque começa com uma opinião Cruel sobre seu cabelo e vira uma chuva de “opiniões para o seu bem” que só te colocam pra baixo! Eu vejo todo santo dia um comentário maldoso disfarçado de opinião. “A mais gorda no pole é feio” “se você emagrecer vai ficar linda” “fulana era tão bonita agora tá velha” “você tá acabada para sua idade” “mulher dessa idade com essa roupa é vulgar” Todo esse machismo e Preconceito disfarçado de opinião. Daí a mulher não vai na praia porque se sente mal de biquíni, aceita a relação tóxica porque se acha inferior, tem vergonha de dizer que faz Pole porque tá fora do padrão e fica se matando para tentar ser o que não é.

Não deixe nunca que alguém limite os seus sonhos ou digam o que vocês podem fazer ou não, vocês podem tudo. Pode ser linda e fora do padrão, pode fazer tudo no pole com qualquer corpo sem precisar da validação de ninguém. Sua amiga pode ser linda com cabelo até a cintura e você linda de cabelo raspado. Nós não somos objetos que precisam estar sempre impecáveis, nós não precisamos admitir que o tempo todo nos tratem como um corpo até mesmo no nosso trabalho. A beleza de uma mulher não anula a beleza de outra mulher. Quando alguém vier dar opinião que você não pediu dá um paninho com álcool 90% e manda limpar sua barra que vai ser mais útil.

Um comentário em “O que fazer com a opinião alheia?

Deixe uma resposta