Estamos no meio do ano e as temperaturas já começaram a cair. Como ficam os treinos no inverno?

Como todos sabem, muitos fatores influenciam no treino de pole: a relação entre o material da barra, a umidade, a temperatura, a oleosidade da pele e a transpiração de cada praticante podem tornar o treino mais fácil ou mais difícil para cada um.

Normalmente, com o frio, a pele fica mais seca e isso por vezes dificulta a aderência na barra, que fica “escorregadia”, tornando mais difícil a execução de movimentos. Nessas horas, o uso de hidratante (sem óleo na composição) uma hora antes da aula pode ajudar na aderência ao pole, assim como também ajuda umedecer a pele no local das travas com um pouco de água durante os treinos.

Quando isso não é suficiente, compensa investir em um bom “grip”. Como existem muitos no mercado (dry hands, hand dry, itac, dew point, professional grip etc) e cada corpo reage de um jeito diferente a eles, o ideal é pedir emprestado para a sua pole friend e testar mais de um para ver com qual deles o resultado é mais eficiente 🙂

Outra coisa que não ajuda nadinha na aderência na barra é o corpo “frio”. Por isso, no inverno, temos que dar especial atenção aos aquecimentos, que passam a ser não só necessários no início da aula mas também ao longo do treino. Quando fazemos uma pausa entre um exercício e outro e o corpo “esfria”, antes de retomar as figuras no pole é importante fazer polichinelos ou outro tipo caprichado de aquecimento.

teles

@teleslaala @rolling_brand

Aliás, para ajudar no início do treino a vencer a preguiça e alcançar um aquecimento adequado, ajuda muito começar a fazer os exercícios de aquecimento com roupas (calça, casaco, meias) e ir tirando as peças aos poucos depois que o corpo se encontra aquecido. Nas aulas de flex, é recomendado fazer todo o treino quentinho (com leggings, meias, perneiras, aquecedor de coluna, casaco e afins). Com isso, além de protegidas, ficamos estilosas, não é mesmo?

Por fim, é importante lembrar que o aquecimento adequado do corpo nas aulas de pole e de flex é essencial para evitar dores e prevenir lesões. Por isso, seguir essas recomendações pode fazer toda a diferença para garantir a frequência nas aulas e assegurar um treino de qualidade a longo prazo!

leka

@lekarancan @rolling_brand

E você, tem alguma dica para ajudar nos treinos no inverno? Conta pra gente!

Deixe uma resposta