Inspirada em alguns posts que andei vendo nas redes sociais nos últimos dias, mais específicamente da Bruna Gonçalves e Grazzy Brugner, resolvi falar um pouco sobre nosso modo de se vestir para praticar pole dance.

Seguinte, você que começou no pole agora, ou tá pensando em começar, já deve ter percebido que a maioria das pessoas, independente de gênero ou idade, costuma usar roupas bem curtas para a prática do pole, certo? Inclusive brincamos lá no estúdio que as pessoas se vestem de peladas!

Tem um motivo pra isso, sabia? A maioria das pessoas (preconceituosas) acha que é por “safadeza” ou pra “aparecer”, e não é bem assim. Na verdade o pole dance pede por roupas curtas porque a aderência na barra é com a pele, ou seja, tecido escorrega. A não ser que você seja bem forte, vai ser bem dificil escalar a barra ou prender nos movimentos de calça e camiseta comprida.

Diferença da Suely tentando escalar com meia e sem meia

Inclusive, a Grazzy fez um vídeo demonstrando isso, que você pode ver no instagram dela.

E vamos combinar, né. Mesmo que não precisasse de roupa curta para a prática, cada um veste o que quiser. Se o que os outros vestem TE INCOMODA o problema é COM VOCÊ e não com o outro.

Independente do tipo de roupagem que a atividade pede, o praticante vai decidir se quer usar roupa curta ou comprida, justa ou larga.

Façam um favorzinho e leiam o textinho escrito pela Bruna Gonçalves no Instagram dela, pois a minha opinião é a mesma que a dela.

Agora se você se sente intimidada e não quer começar porque não se sente confortável (ainda) com esse tipo de roupa, fique tranquila! Pra começar a atividade uma bermuda e blusão confortáveis são mais que bem vindos, os movimentos iniciais são bem tranquilos de se fazer com roupas maiores 😉 e te garanto que no percorrer da sua jornada, você vai começar a diminuir as roupas, viu?

Eu mesma, quando comecei, fui com um short saia bem comprido (comparado com os de agora) e um blusão. Tive bastante dificuldade e conforme fui evoluindo, minha roupa foi diminuindo, inclusive quando eu aprendi que era mais fácil realizar alguns movimento sem blusa, ah, aí eu fiz questão de aderir aos tops e croppeds da vida.

Ainda me sinto desconfortável em mostrar certas partes do corpo sim, mas quando a gente precisa daquela parte pra prender o corpo na barra em algum movimento, esquecemos o desconforto com as roupas curtas 😉

Moral da história: cada um veste o que quiser, o importante é amar o próprio corpo e se sentir confortável.

O pole dance pede roupas mais curtas pra alguns movimentos e se você vê maldade nisso, o problema é seu, não de quem tá vestindo. E se você tá com vontade de experimentar a modalidade, se joga com roupa comprida e tudo!

Por fim, queria deixar um recadinho: estamos pensando em fazer um post bem legal sobre marcas de roupas de pole dance, onde comprar os looks, etc. Então se você tem uma marca, entra em contato com a gente pra falar mais sobre!

Sabemos que tem muitas marcas lindas por aí que ainda não chegaram aos nossos ouvidos!

Deixe uma resposta