Durante a quarentena, eu e as meninas fizemos vários cursos e aprendemos novos hobbies. Um deles, no meu caso, foi aprender a fazer filtros do Instagram. Fiquei apaixonada pela ferramenta e o que ela proporciona. E dentro dessa nova bolha que eu me inseri, surgiram alguns assuntos que eu achei pertinente trazer pra cá.

Dentre eles foi uma nova onda de “cancelamento” de filtros por parde de algumas blogueiras de beleza, pois, segundo elas, os filtros do instagram eram prejudiciais a auto estima das mulheres, pois elas não se reconheciam mais sem o efeito e isso causava uma piora na auto estima e por isso devia ser cancelado.

Tem tanta coisa pra eu falar sobre isso, que de antemão, peço desculpas se o texto ficar muito longo, qualquer coisa eu faço uma parte dois.

Vamos lá, primeiramente, não é por causa de filtros do instagram que as mulheres não se sentem confortáveis com a sua aparência, até porque, convenhamos essa é uma ferramenta nova, que ganhou popularidade com o snapshat. E não é como se, antes do snapshat e os primeiros efeitos, todas as mulheres amassem sua aparência, certo?

O buraco é mais embaixo, não é por causa do filtro que não somos confortáveis com a nossa aparência. Vamos pensar um pouco, tem toda uma indústria da beleza por trás desse nosso sentimento de “nos sentirmos mal”.

É interessante pras grandes empresas que nós sejamos inseguras com a nossa auto imagem, pois assim, eles podem nos vender diversos produtos pra acabar com os nossos “defeitos”. Pensa bem com os seus botões, quantas empresas vc acha que iriam a falência se TODAS AS MULHERES DO MUNDO SE ACEITASSEM DO JEITO QUE SÃO?

Eu vou citar só algumas: Indústrias de maquiagem, indústrias de skin care, indústria “fitness” que busca emagrecimento, empresas e serviços de estéticas que fazem harmonização facial… Pois é, vc consegue ver que a lista consegue ser muito mais extensa.

Então sim, nós mulheres sofremos muito com a pressão estética, com esse padrão de beleza inalcansável que nos é vendido. Mais uma coisa, vc já percebeu que o padrão de beleza sempre muda, né? Por que não pode ser o mesmo pra sempre? Justamente. Se o padrão de beleza fosse estático, assim que a maioria das mulheres alcançassem, parariam de consumir esse indústria, pois já estariam felizes consigo mesmas e poderiam focar em outras coisas.

Gente, nós somos todas perfeitas do jeitinho que viemos ao mundo, mas é normal nos sentirmos inseguras com diversos aspectos da nossa aparência, e tá tudo bem, pois vivemos numa sociedade que nos leva todo o dia a pensar que temos algum defeito.

Eu vou parando por aqui, talvez volte com uma parte 2 dessa reflexão, e deixo pra vocês, o vídeo que postei no meu instagram pessoal. 🙂

Um comentário em “Pressão estética

Deixe uma resposta