Oito de março é dia de resistência.

É dia de luta por igualdade de oportunidades, respeito, liberdade e empoderamento. É dia de lembrarmos da importância da sororidade.

Num mundo extremamente misógino, nós temos que ser as primeiras a acolhermos outras mulheres, assim como devemos acolher a nós mesmas. E defender, com unhas e dentes, as escolhas que cada mulher faz sobre suas roupas, seus cargos, seus hobbies, seus corpos, seus relacionamentos… suas vidas. Um estúdio de pole é um palanque do matriarcado.

Nós vivemos dia a dia enfrentando preconceitos contra as mulheres e tentando mostrar a elas – e à sociedade – que o lugar da mulher é onde ela quiser. É uma luta diária e exaustiva. Mas somos muitas e cada dia somos mais.

Obrigada por fazer parte da nossa infantaria feminista.

Deixe uma resposta